Faculdade Phorte - O que é logística reversa e qual a sua importância?

O que é logística reversa e qual a sua importância?

o que é logística reversa e qual a sua importância

O que é logística reversa e qual a sua importância?

Você já se perguntou para onde vai o nosso lixo? De uns tempos para cá, o consumo está sendo modificado. De um lado, percebemos consumidores mais exigentes; de outro, observamos que o consumo cresce. Para lidar com os resíduos sólidos urbanos que são descartados, políticas empresariais e públicas de logística reversa são indispensáveis.
 
Mas, o que é logística? É missão da logística tornar o processo de planejamento e execução da operação de transporte mais eficaz, econômico e facilitado, seja em uma empresa pública ou privada. Dessa forma, o profissional que decide por seguir carreira em logística nos diferentes tipos de logística, como em logística do produto, por exemplo, vai trabalhar com o produto desde o seu ponto de origem até o ponto de consumo, ou, no caso da logística reversa, dos consumidores aos fornecedores. 
 
Então, se você está pensando em seguir carreira em logística, saiba que um dos campos de atuação é na implementação dos Sistemas de Logística Reversa, contribuindo para o meio ambiente e a sustentabilidade
 

O que é logística reversa?

Segundo o Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos (SINIR), “a Logística Reversa é um instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada”. 
 
Quando a logística reversa surgiu, em decorrência de pesquisas realizadas nas décadas de 1970 e 1980 em países europeus que tiveram contato há mais tempo com a industrialização, logo teve sua primeira legislação sobre a temática, na Alemanha, mostrando ao mundo como isso era importante e necessário. 
 
No dia 2 de agosto de 2010, foi promulgada a Lei nº 12.305/2010, instituindo a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), contendo diretrizes sobre a gestão integrada e o gerenciamento de resíduos sólidos. Além disso, apresenta a Logística Reversa e o princípio da Responsabilidade Compartilhada pelo Ciclo de Vida dos Produtos
 
Em 2011, o Ministério do Meio Ambiente criou um comitê para orientar a implementação de Sistemas de Logística Reversa para os setores de: medicamentos, embalagens em geral, embalagens de óleos lubrificantes, eletroeletrônicos e lâmpadas fluorescentes.
 

Como funciona a Logística Reversa?

A figura a seguir apresenta um fluxograma de como funciona a logística reversa, de forma simplificada:
 
fluxograma logística reversa
Fluxo simplificado da logística reversa.
Fonte: SINIR
 
Esse fluxo leva em consideração o princípio da Responsabilidade Compartilhada pelo Ciclo de Vida dos Produtos, que indica a responsabilidade compartilhada dos resíduos que são gerados. Dessa forma, consumidores, importadores, fabricantes, distribuidores e comerciantes agem juntos para o reaproveitamento desses resíduos.
 
Claro que cada setor e cada tipo de produto vão ter seu fluxo específico, como é o caso da logística reversa para o setor de medicamentos. 
 

A atuação do profissional em Logística Reversa

Dentro das possibilidades do que faz um técnico em Logística, ou ainda, um tecnólogo, cabe a esse profissional fazer com que o processo de logística reversa seja eficaz, rápido e viável financeiramente, ampliando o custo-benefício para as empresas.
 
Daí a necessidade de um profissional qualificado, formado no curso superior de Logística, para planejar o processo de Logística Reversa no âmbito do planejamento estratégico de empresas públicas e privadas, e também, com a implementação de ações efetivas, mostrar à sociedade a importância da logística reversa para o meio ambiente. 
 
“Alguns setores em desenvolvimento e que buscam profissionais com formação específica são: logística reversa, logística de resíduos sólidos, logística humanitária e comércio eletrônico”, aponta a professora Cida Bucater, coordenadora dos cursos superiores em Gestão da Faculdade Phorte, destacando a logística reversa como uma das áreas específicas que as empresas estão procurando.
 

Por que a logística reversa é importante?

Logística reversa e sustentabilidade têm tudo a ver!
 
Para a sociedade e a sustentabilidade dos recursos naturais, a logística reversa é essencial, principalmente se pensarmos nos objetivos dessa prática. 
 
São objetivos da logística reversa:
• Fazer uma destinação ambientalmente correta dos resíduos, com a sua possível reinserção em novos ciclos produtivos.
• Reduzir o impacto ambiental dos resíduos.
• Melhorar a gestão de resíduos.
• Aumentar a eficiência dos recursos naturais.
 
Para as empresas, a logística reversa é vantajosa porque, além de cumprir normas e regulamentos, a sustentabilidade ambiental é, cada vez mais, uma diferenciação de mercado e um quesito indispensável para muitos consumidores. De qualquer modo, a implementação da logística reversa deve ser feita de maneira organizada e planejada, levando em conta a viabilidade técnica e econômica. Por isso, os profissionais de logística são tão importantes para esse processo, justamente pelo domínio sobre logística. 
 
Vídeo do Projeto Água Brasil sobre Resíduos Sólidos e Logística Reversa:

 
Gostou? Tem interesse em saber mais sobre essa área? Conheça o Curso de Logística em SP, da Faculdade Phorte.