Economize seu dinheiro com 5 passos simples

economize seu dinheiro

Economize seu dinheiro com 5 passos simples

Se você sente que seu dinheiro simplesmente some da sua carteira, não se desespere. Nós vamos ensinar, com dicas simples, como você pode economizar seu suado dinheirinho. Existe vida após os boletos!

Para isso, precisamos ter em mente a importância do planejamento financeiro, que nos guia e nos ajuda a equalizar nossos gastos e o dinheiro que precisamos para alcançar os nossos sonhos.
 
Estas são as 5 dicas para economizar seu dinheiro:
 

1- Na ponta do lápis

O essencial, quando pensamos na economia das finanças pessoais, é ter sempre o controle das entradas e das saídas, seja por meio de planilhas, notas no celular ou agendas. 
curso de excel
 
O importante é anotar cada detalhe: se foi pago à vista ou parcelado; qual foi a forma de pagamento; se foi utilizado cartão de crédito, débito ou dinheiro. Dessa forma, você conseguirá saber quanto dinheiro entra, quanto dinheiro sai, de onde sai e para onde vai. 
Anote todas as compras (todas mesmo!). Você vai perceber que, no final do mês, até aquele cafezinho pós-almoço vai fazer diferença.
 

2- Dinheiro entrou, você pagou!

Não deixe para pagar suas contas só no final do mês. Além de correr o risco de atrasar o pagamento, você ainda perde o controle de quanto tem disponível para guardar. 
Assim que o salário cair, você pode pagar todas as suas contas, ou, ainda, programar para que o valor delas caia na sua conta-poupança, assim você não conta com ele nos gastos diários.
 

3- Organize seu orçamento em metas

A tarefa de economizar dinheiro pode se tornar mais divertida se estabelecermos algumas metas para nos motivar. Uma boa dica para isso é a regra dos 50-15-35, em que você divide sua vida financeira em três grandes blocos, respeitando a sua receita líquida mensal:
 
50% representam os gastos essenciais: essa é categoria dos gastos primordiais que garantem o seu sustento no dia a dia, que incluem: transporte, alimentação, moradia, saúde e contas, entre outros.
15% dizem respeito às prioridades financeiras:  as dívidas, que não são caracterizadas como gastos essenciais, entram nessa categoria. É com 15% da sua receita que elas devem ser pagas. Se você estiver sem despesas dessa natureza, o ideal é que esses 15% sejam usados para investimentos ou que sejam poupados.
35% vão para o seu estilo de vida: essa categoria é de pura alegria. Aqui entram as despesas relacionadas aos seus hobbies, lazer e diversão. 
 
Vale lembrar que esse método é apenas um dos tantos que existem para auxiliar você a reservar partes da sua renda, monitorar e priorizar despesas. Além disso, você mesmo pode criar suas metas, formular categorias, valores etc.
 

4- Não sei se caso ou se compro uma bicicleta

Economizar não significa, necessariamente, cortar todos os gastos a torto e a direito. Para que você tenha as rédeas da sua vida financeira, a análise e a priorização das despesas são fundamentais.
A ideia é sempre analisar antes de fazer uma escolha, pesar na balança o que está mais alinhado com o seu planejamento financeiro, de acordo com seus maiores objetivos e metas.
 

5- Se poupe  

Todas as dicas anteriores ajudam você a chegar num ponto em que consegue poupar seu dinheiro ou até fazê-lo render, para que seus objetivos sejam alcançados.
No geral, para poupar dinheiro, você pode focar em ter um estilo de vida mais barato, que envolva poucos gastos e despesas. Por exemplo, em vez de pegar aquele táxi por aplicativo, você pode optar por fazer o trajeto de bicicleta ou a pé, ou, ainda, preferir eventos gratuitos no lugar de pagos, entre outras medidas.
 
 
Não há uma fórmula mágica para poupar, até porque como sabemos dinheiro não cresce em árvore, na verdade, são frutos de um misto de disciplina , esforço e oportunidades de trabalho, tendo em vista que 11% segundo dados divulgados pelo IBGE.