Logo da Faculdade Phorte

Bate-papo com aluna Cinthia Bortagaray, do curso de Processos Gerenciais

Imagem da notícia Bate-papo com aluna Cinthia Bortagaray, do curso de Processos Gerenciais

Bate-papo com aluna Cinthia Bortagaray, do curso de Processos Gerenciais

A aluna do curso de Tecnologia em Processos Gerenciais, Cinthia Bortagaray, de 43 anos, conversou com a equipe da Faculdade Phorte e contou um pouco sobre sua experiência no primeiro semestre do curso. Ela havia concluído um curso sequencial em Administração, mas sua carga horária a impediu de iniciar a tão desejada pós-graduação. A mantenedora da faculdade, o Instituto Phorte de Educação, possui um programa de bolsas de estudos para seus funcionários, e foi através dessa oportunidade que Cinthia voltou a estudar. É muito fácil sair do emprego e cair direto na sala de aula. Para mim ajudou muito! ”, disse ela.
 

A assistente administrativa contou que algumas coisas que via em sala de aula já faziam parte da sua rotina de trabalho, porém, com os ensinamentos dos professores, muita coisa foi aperfeiçoada. A professora Karine Teresa, por exemplo, sempre deu muitos toques em relação a como se portar e se expressar verbalmente. Já o professor Wilson Renno contribuiu para que Cinthia desenvolvesse melhor seu aprendizado com a matemática.
 

“Eu não gosto de matemática, mas o professor Wilson é sensacional. Então eu gostei muito da matéria e aprendi muito com ele. Houve conteúdos em que eu não fui tão bem na primeira prova, mas estudei e consegui passar. Eu não fiquei de recuperação! Então eu consegui aprender e consegui levar uma coisa que eu detestava. ”, contou ela.
 

Cinthia revelou que o primeiro semestre no curso foi cansativo, porém proveitoso. A disciplina que mais a encantou foi “Gestão em Ação”, coordenada pelo professor Renato de Almeida. A atividade foi em grupo, na qual os alunos precisaram organizar palestras para apresentar para jovens aprendizes do grupo coordenado pela Paróquia da Achiropita. Aquela semana foi tumultuada para todos os alunos do curso. A aluna comentou que se perguntava: “Meu Deus do céu, como que a gente vai receber esses alunos?”.
 

Mas depois que o medo e a insegurança foram embora, todos ficaram contentes por tudo ter ocorrido de uma forma tão envolvente não apenas para os jovens aprendizes, mas para os alunos e os professores também. “Teve um estudante, que eu não lembro o nome, que disse que ‘se a gente aprendeu o que aprendeu, foi graças a você professor (mostrou o Renato), que ensinou eles a passarem essas informações para a gente’. Foi muito bonito! Chorei também, choro mesmo”, desabafou Cinthia.
 

Faça como a Cinthia e invista em sua carreira! Conheça os cursos de graduação da Faculdade Phorte e faça parte do nosso time de alunos.